segunda-feira, 8 de março de 2010

O Contínuo do mal-acabado

A fonte que secou, o amor proseou desgastante, minha blusa se fechou às mãos delicadas e as bochechas, ah! As bochechas em minha face relaxaram.
Vou buscar um violão e recompor minhas canções, tão zoadas e mal acabadas, tudo e um pouco mais, excepcionalmente por nós. Quem tem a letras mais bonita, pode redigir?

2 comentários:

  1. Nossa gostei demais do seu blog, meus parabéns, vou seguir ok? Se possível me siga tbm ^^

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pelo elogio espero novos textos seus.
    Assim desejo que o bom vento da inspiração a atinja em cheio muito em breve.

    Saudações do Pierrot.

    ResponderExcluir